Fale conosco

A contabilidade da sua empresa de um jeito simples e prático!

Área Contábil


Área de Recursos Humanos / Trabalhista


Área Fiscal


Área Rural


Assessoria Empresarial Contábil

Como funciona uma Assessoria Contábil

Uma assessoria contábil pode ser útil, por exemplo, na decisão sobre o enquadramento fiscal de determinada empresa. Outra função da assessoria é auxiliar a empresa quanto às tomadas de decisões de negócios.

Quanto mais informações relevantes forem disponibilizadas pelo cliente, e mais organizadas elas forem, mais instrumentos a assessoria terá para fazer uma analise objetiva e eficiente sobre a real situação da empresa.

É importante que o cliente tenha alguma organização para reunir essas informações de forma que o trabalho da assessoria seja facilitado. Ser organizado, nesse ponto, é mais importante que efetivamente entender sobre leis e regras fiscais e contábeis.

Algumas dicas para os clientes

Reunir as informações relevantes de maneira que fiquem disponibilizadas de forma mais organizada;

Definir um ponto de situação da empresa, o mais claro e objetivo possível, para que não haja dúvidas e a assessoria possa estar bem ciente dos problemas com que vai ter de lidar;

Manter constante contato com seu assessor contábil para que os possíveis problemas sejam acompanhados e discutidos em tempo real;

Vantagens de se contratar uma Assessoria Contábil

Sem dúvida a maior vantagem é a implementação de melhorias que agreguem valor à empresa como um todo. Entretanto, uma assessoria contábil pode oferecer diversos outros benefícios que também ajudam a aperfeiçoar o desenvolvimento das atividades da empresa:

Auxílio na escolha do regime tributário ideal, orientação quanto à classificação fiscal, redução de gastos com impostos e mais eficiência na administração financeira;

Oferecer uma visão externa, sem vícios nem ideias pré-concebidas pela empresa (especialmente importante na fase de diagnóstico);

Incentivo para tomada de novas decisões – as conclusões dos trabalhos das assessorias são mais racionais, enquanto os envolvidos diretamente com as empresas tendem a tomar decisões mais emocionais e políticas;

As assessorias disponibilizam de mais ferramentas para fazer comparações com as realidades de outras empresas na mesma área de negócio;

Vantagem da parceria cliente/assessoria – união do know-how interno com a experiência externa;



Contabilidade

A importância de uma boa contabilidade

Ela tem como principal objetivo transformar e gerenciar dados contábeis da organização tornando-os utilizáveis as demais atividades tanto para finalidades internas: controle; informações; viés para ações, quanto para externas: informações a bancos; governo acionista e outros públicos de interesse.

A Contabilidade é a alma da empresa, nela ficam registrados todos os atos e fatos. Se os atos do administrador são corretos: documentação adequada, transações negociais dentro do objeto da empresa, o reflexo é imediato: a Contabilidade é transparente. Caso contrário pode ser utilizada para incriminar a empresa, sócios, administradores e contador que foram relapsos e desleixados.

O controle gerencial dos números de uma empresa dá embasamento ao rumo que ela deve tomar diante do mercado que se apresenta. Aquela que não conduz sua contabilidade por meio de profissionais especializados está de certa forma, sendo negligente com seu patrimônio, o que pode acarretar a falta de diretriz nas ações posteriores.

Atividades específicas da contabilidade

A contabilidade é quem vai auxiliar na abertura da firma. Ela que estará junto a órgãos governamentais em nome de sua instituição para assegurar que esteja em perfeitas condições para iniciar no mercado.

A contabilidade pode ser uma parceira nessa empreitada e tornar sua empresa ainda mais organizada e com grandes chances de crescimento.

Conciliação Contábil

Não basta que o Contador apenas evite os procedimentos viciosos para não se configurar fraude. Deverá, também, manter em ordem a Contabilidade da empresa e para isso deverá conciliar a Contabilidade com os documentos e os diversos relatórios dos demais setores que dão suporte aos lançamentos contábeis, bem assim elaborar planilhas, relatórios e composição dos saldos das contas contábeis, isto é, planilhas auxiliares que comprovem a correção dos saldos existentes na contabilidade.

O Contabilista, por sua vez, deve ter ciência dos saldos existentes no Balancete ou no Balanço Patrimonial.



Departamento Pessoal

A importância do Departamento Pessoal

O departamento pessoal é imprescindível para o bom funcionamento da empresa sabendo que é responsável pela organização e manutenção do arquivo que contém toda a documentação, expedida durante a realização das rotinas, exigidas pelo governo. Além do cumprimento das normas de higiene e segurança do trabalho, atendimento da fiscalização trabalhista e da justiça do trabalho.

Qual a função do departamento pessoal

Tem a função de mostrar para o colaborador que a empresa em que ele desenvolve suas atividades é um local organizado e estruturado, estando assim este departamento apto aguçar para a empresa quando um colaborador está se destacando ou quando precisa ser ajudado ou mais capacitado.

Em empresas de pequeno porte, a prática do departamento pessoal é feita por escritórios de contabilidade. Este setor tem como suas responsabilidades, admitir, treinar, desenvolver, motivar, orientar e fazer o desligamento de funcionários, dentre outras.

O processo de admissão, por exemplo, é dividido em etapas. Primeiramente ocorre a abertura de vagas, a definição do perfil do candidato, definição da melhor forma de divulgar a vaga. Em seguida, acontece a recepção dos currículos para a análise e seleção dos candidatos.

O departamento pessoal, também é responsável por integrar os novos colaboradores à empresa logo após sua admissão, treinando, supervisionando, acompanhando e tirando esclarecendo eventuais duvidas.

É ele o setor responsável por controlar a presença dos colaboradores, calcular salários, impostos, benefícios, folha de pagamento, de acordo com a legislação trabalhista.

Existem empresas que tem a visão na modernidade, uma tendência do mundo corporativista é a valorização das pessoas, isso está associado ao Departamento de Recursos Humanos, quem vai cuidar da idoneidade da empresa frente aos seus colaboradores e a estes o seus direitos frente à empresa.

Estas empresas estão preocupadas com o futuro e para isso investem no presente de forma criativa, porém constante; se distinguindo das demais e obtendo resultados promissores.

Investindo no setor de recursos humanos não significa ter um departamento direcionado apenas à admissões, demissões, treinamentos, recrutamentos, avaliações, visto que em algumas empresas não se tem grande fluxo de pessoal. A empresa pode por exemplo, investir em Recursos Humanos tendo como base um plano de carreira, em que o colaborador possa participar e crescer junto com a empresa.

O Profissional de Recursos Humanos diferencia-se por desenvolver uma postura de liderança autorizada perante sua equipe, onde os colaboradores o recorrem tendo a convicção de que realmente ele saberá o que fazer, e não como uma autoridade que somente quer as atividades realizadas.



Escrituração Fiscal

A importância da Escrituração Fiscal

A importância da escrituração fiscal em demonstrar que as informações geradas pelo profissional contábil são necessárias para auxiliar no processo decisório de suas empresas, garantindo assim o sucesso destas.

Qual a função da Escrituração Fiscal

O objetivo da escrituração não é somente atender as necessidades da empresa ou pelo fato de ser obrigatória, mas também para atender a todos os demais usuários que dela usufruem.

Em empresas de pequeno porte, a prática da escrituração fiscal é feita por escritórios de contabilidade. Este setor tem como suas responsabilidades de emitir os livros apuração de ICMS, Entradas, Saídas, Termo de Ocorrência e Inventario, hoje com a tecnologia utilizar os aplicativos de sped fiscal como EFD Fiscal, EFD Contribuições, EFD Reinf entre outros.



Perícia Contábil

O que é Perícia Contábil

A perícia contábil constitui o conjunto de procedimentos técnicos e científico destinado a levar à instância decisória elementos de prova necessários a subsidiar à justa solução do litígio, mediante laudo pericial contábil, e ou parecer pericial contábil, em conformidade com as normas jurídicas e profissionais, e a legislação específica no que for pertinente.

Objetivos:

Levantar elementos de prova.

Subsidiar a emissão de laudo ou parecer

Prova Pericial

Prova é o elemento material para demonstração de uma verdade. Desta forma, prova pericial corresponde a prova (seja na forma de laudo ou parecer) oriunda de uma perícia.

Laudo Pericial

Laudo é o documento, elaborado por um ou mais peritos, onde se apresentam conclusões do exame pericial. No laudo, responde-se aos quesitos (perguntas) que foram propostos pelo juiz ou pelas partes interessadas.

Laudo Pericial Contábil (LPC) é uma peça escrita, na qual o perito-contador deve visualizar, de forma abrangente, o conteúdo da perícia e particularizar os aspectos e as minudências que envolvam a demanda.

O LPC efetuado em matéria contábil somente será executado por contador habilitado e devidamente registrado em Conselho Regional de Contabilidade.